Inscrição Para o Cadastro Único.

Anúncio

Se você está buscando por um conteúdo que te mostre, de verdade, o que é e como funciona a Inscrição para o Cadastro Único, você acaba de encontrar.

Aqui iremos apresentar um post onde abordaremos tudo o que você precisa saber sobre o assunto e como começar a sua inscrição hoje mesmo.

Anúncio

Vamos começar?

Inscrição Para o Cadastro Único
Cadastro Único (Imagem: Google)

O Que é o Cadastro Único?

De maneira bem simples, o Cadastro Único é um banco de dados criado pelo Governo Federal para que ele consiga entender o nível de pobreza do país.

A partir dos dados obtidos ele pode definir programas que ajudem quem está realmente precisando.

Anúncio

É importante que o registro esteja sempre atualizado para poder participar do máximo de programas que a família caiba nos critérios.

Quem Pode Utilizar os Dados do Cadastro Único?

Quem pode utilizar os dados do Cadastro Único são governo federal, estadual e municipal.

Assim, caso qualquer governo das três instâncias decidir criar um programa para ajudar um público, ele consegue.

Portanto, manter os dados atualizados vai te ajudar a conseguir benefícios sociais que melhorem a qualidade de vida.

Pré-Cadastro para a Inscrição no Cadastro Único.

Depois de muitos pedidos de Cadastro Único e a pandemia, o governo decidiu mudar o processo de cadastro do CadÚnico e criou um app para você fazer um pré-cadastro.

O pré-cadastro é uma alternativa que o governo federal encontrou para minimizar a fila no CRAS e ainda assim dar a possibilidade das pessoas se cadastrarem no CadÚnico.

Para isso, é preciso acessar o app e então informar os dados mais importantes para fazer o cadastro e então comparecer em um período de 120 dias em um CRAS.

É Obrigatório o Pré-Cadastro?

Mesmo que exista essa opção de pré-cadastro, você não é obrigado a realizá-lo caso o CRAS da sua cidade ou o posto de atendimento não tenha uma demanda alta de atendimento.

Além disso, é importante lembrar que a única pessoa que pode realizar o pré-cadastro do cadastro único é o responsável familiar.

O responsável familiar é a pessoa que vai prestar todas as informações sobre a família e precisa ser, de preferência, uma mulher.

Quem Pode Fazer a Inscrição para o Cadastro Único?

As famílias que podem fazer a inscrição para o Cadastro Único são aquelas que têm uma renda mensal de até meio salário-mínimo por pessoa, ou seja, R$ 606,00.

Neste caso, as famílias que têm por pessoa meio salário-mínimo só conseguem se cadastrar se elas estiverem vinculadas a algum programa social.

Somente nesses dois casos que as inscrições serão pertinentes.

Quais são os Documentos Necessários para Fazer a Inscrição do Cadastro Único?

Se você se encaixa no grupo de pessoas que podem fazer a inscrição para o Cadastro Único, é importante que compareça a um CRAS com alguns documentos, como o comprovante de endereço, como a conta de água e luz.

Os documentos necessários do responsável familiar são CPF e Título de Eleitor. Para os outros integrantes da família os principais documentos bastam como, certidão de nascimento e casamento, além do CPF, RG, carteira de trabalho e o título de eleitor.

Caso você faça parte de um grupo indígena ou quilombola, você pode apresentar qualquer um dos documentos mencionados acima ou a Certidão Administrativa de Nascimento do Indígena (RANI).

Quais são as Maneiras de Fazer a Inscrição no CadÚnico?

A única maneira de você concretizar a sua inscrição no CadÚnico é comparecendo a um CRAS ou outro local de atendimento oferecido pela sua cidade.

Mesmo que você faça a pré-inscrição pelo app, ainda será necessário comparecer ao local para conseguir finalizar o cadastro.

Assim, o ideal é que ligue antes no CRAS mais próximo da sua casa e veja a disponibilidade para lhe atender sem a necessidade do pré-cadastro.

Atualização das Informações no Cadastro Único

Em, no máximo, a cada dois anos você precisa comparecer a um CRAS para poder atualizar os dados e assim continuar com chances de receber os benefícios do governo.

Entretanto, existem algumas situações que precisam ser informadas imediatamente para que você não perca nenhum benefício social.

Neste caso, em casos do nascimento ou morte de um ente, mudança de endereço, um integrante se mudou ou vocês passaram a ganhar mais, você deve ir a um CRAS e informar imediatamente às mudanças.

Como Saber se Você já Está Inscrito no Cadastro Único?

Depois de levar os documentos ao CRAS você pode acompanhar o procedimento e verificar se já foi concluído o seu cadastro.

Uma das maneiras é clicando aqui e indo até o site do Ministério do Desenvolvimento Social e preencher alguns dados, onde será processado e aparecerá se você já está cadastrado.

Além disso, você pode verificar o seu cadastro pelo app Meu CadÚnico ou ligando no telefone 0800 707 2003, de segunda a sexta-feira das 07:00 às 19:00 ou nos finais de semana e feriados das 10:00 às 16:00.

Estou Cadastrada – Vou Receber o Benefício?

É importante que você saiba que não é porque você está inscrito no Cadastro Único que a sua família irá receber algum benefício do governo, ok?

A seleção da família vai ser sempre de acordo com os critérios de cada benefício e por uma fila de espera, conforme for acontecendo os cadastros.

Portanto, depois do cadastro é importante que aguarde e em casos de dúvidas fale com o CRAS mais próximo da sua casa.

O Cadastro Único é o Auxílio Brasil?

Muitas pessoas acabam tendo algumas dúvidas com relação ao Auxílio Brasil e Cadastro Único, mas, é importante que você saiba que eles têm pouca relação.

Como já falamos, o Cadastro Único é o responsável por informar os seus dados ao governo e o Auxílio Brasil é um benefício oferecido pelo governo às pessoas que necessitam.

Portanto, mesmo que você esteja cadastrado no CadÚnico você pode não receber o Auxílio Brasil, seja porque esteja na fila de espera ou porque o grupo familiar não se encaixa nos critérios do benefício.